quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

O QUE É O ESPÍRITO NATALINO E COMO DESENVOLVÊ-LO?


O QUE É O ESPÍRITO NATALINO E COMO DESENVOLVÊ-LO?
Detém-te a refletir nos companheiros cansados, tristes, desiludidos, desencorajados, abatidos ou exaustos que te cruzam a estrada e distribui com eles a paz e a renovação.

Qual acontece com os outros, tens igualmente a tua obra a realizar e a porta do auxílio abre-se de dentro para fora.

Se alguém precisa de ti, também precisas de alguém.

Dar sempre será o melhor processo de receber.
Livro
Rumo Certo
Francisco Cândido Xavier, pelo Espírito Emmanuel
FEB – Federação Espírita Brasileira


Natal chegando e a palavra Espírito Natalino começa a ficar na "moda", afinal de contas, o que é Espírito Natalino?

A resposta é bem simples, é a bondade que existe dentro de cada um a fim de proporcinar um natal mais alegre e justo ao próximo. Basta olhar no fundo de seu coração e deixar que ele se manifeste, mesmo que seja com as pessoas que vivem ao seu lado, o espírito natalino pode se manifestar a qualquer momento.


ANTE O NATAL
Maria Dolores

Senhor Jesus!...
Ante o Natal
Que nos refaz na Terra o mais formoso dia,
Somos gratos a todos os irmãos,
Que te festejam,
Entrelaçando as mãos
Nas obras do progresso.

Vimos também trazer-te a nossa gratidão
Pela fé que acendeste
Em nosso coração.
Mas, se posso, Jesus, desejo expor-te
O meu pedido de Natal;
Falando de progresso, rogo-te, se possível,
Guiar os homens e as mulheres,
Sejam de qualquer nível,
Para que inventem, onde estejam,
Novos computadores
Que consigam contar
As crianças que vagam nos caminhos,
Sem apoio e sem lar,
E os doentes cansados e sozinhos,
Presos no espaço de ninguém,
Para que se lhes dê todo o amparo do Bem.

Auxilia, Senhor, a humana inteligência
A fabricar foguetes
Dentro de segurança que não erra,
Que possam transportar remédio,
alimento e socorro,
Onde a dor apareça atribulando a Terra.

Que o mundo te receba as bênçãos naturais
Doando mais amor aos animais,
Que nunca desampare as árvores amigas,
Não envenene os ares,
Nem tisne as fontes, nem polua os mares,
Que o ódio seja, enfim, esquecido, de todo,
Que a guerra seja posta nos museus,
Que em todos nós impere o imenso
amor de Deus.

Que o teu Natal se estenda ao mundo inteiro
E que, pensando em teu amor,
De cada amanhecer
Que todos resolvamos a fazer
Um dia novo de Natal...
E que, encontrando alguém,
Possamos repetir, tocados de alegria,
De paz, amor e luz:
Companheiro, bom dia,
Hoje também é dia de Jesus.


Maria Dolores
(Mensagem recebida por Francisco Cândido Xavier, no Grupo Espírita da Prece, em reunião pública da noite de 25 de setembro de 1982, em Uberaba - MG)

Nenhum comentário:

Postar um comentário