quinta-feira, 27 de agosto de 2009

EVANGELHO NO LAR


O Evangelho no Lar consiste em uma reunião semanal familiar realizada no ambiente de casa, que pode ser extensiva a convidados, em torno dos ensinamentos do Mestre Jesus. É o momento de comunhão vibracional de paz, amor, harmonia, onde através do estudo e comentários das lições do Evangelho acenderemos em nosso lar a luz que irá ser uma fonte de benesses para toda a família e pessoas de nossa convivência. Esses benefícios poderão ser sentidos pouco a pouco, conforme formos ampliando os nossos conhecimentos, internalizando e vivenciando esses ensinamentos em nossa vida.

Dos Benefícios:

Jesus nos disse: “onde estiver dois ou três reunidos em meu nome, eu estarei no meio deles” (Mateus 18:20); ora, para que maior benefício que ter a companhia do Mestre conosco em nosso lar?

Melhora do padrão vibracional dos nossos pensamentos, permitindo a higienização das energias deletérias porventura existentes em nosso ambiente doméstico.

Harmonia no lar permitindo através do conhecimento nos auxiliar a minimizar barreiras e desajustes existentes em nosso relacionamento familiar.

Abertura de um canal com a espiritualidade superior trazendo para o nosso lar a presença de espíritos de luz, ajudando a afastar a presença e influência de espíritos inferiores que desequilibram a harmonia do ambiente.

Melhora em nossa saúde física e espiritual, isso não significa dizer que fazendo o evangelho no lar não teremos mais doenças ou nos tornaremos santos, mas com a nossa fé e buscando a cada dia o aprimoramento das nossas próprias dificuldades colheremos excelentes resultados.

Tornar o nosso lar um ponto de luz e vibração de energias positivas que beneficiarão aos lares vizinhos podendo refletir em toda comunidade e na harmonia universal.

Dentre esses, são inúmeros os benefícios que serão sentidos de acordo com as necessidades de cada um. É só ter fé, amor no coração e praticar.


Como Fazer o Evangelho no Lar:

Existe um roteiro a seguir que é quase padrão, o que não impede de usarmos um pouco de nossa sensibilidade na prática do mesmo:

Escolhe-se um dia da semana e horário fixo para a realização da reunião, que deverá ser seguido de preferência com constância e pontualidade para facilitar o trabalho de assistência espiritual.

Elege-se um dos membros da família para direção do Evangelho, de preferência o que tiver maior conhecimento doutrinário e/ou evangélico, cabe lembrar que todos participarão com seus comentários e vibrações, onde a harmonia, respeito e união deverão prevalecer durante todo o momento.

Coloca-se um recipiente com água para fluidificação no local, que deverá ser distribuído entre os participantes no final da atividade. (Opcional)


1-Iniciar o evangelho com uma prece espontânea buscando a sintonia com os planos superiores, mentalizando o Mestre Jesus.

2-Leitura e reflexão de uma mensagem edificante. (Gosto dos livros de bolso de Lourival Lopes, Carlos Pastorino, Valdemir P. Barbosa).

3-Leitura em voz alta do Evangelho Segundo o Espiritismo. (Pode ser lido sequencialmente a cada reunião, ou escolhido aleatoriamente abrindo-se uma de suas páginas).

4-Comentários do texto lido pelos participantes que se dispuserem, evitando-se divergências, críticas, polêmicas. Pode-se abrir um espaço para breves comentários de vivências e aprendizados em torno da mensagem.

5-Após os comentários, fazer vibrações mentalizando-se o Mestre Jesus e emitindo energias positivas de amor, harmonia e paz, envolvendo o ambiente e a todos os participantes estendendo-se essas vibrações a toda família universal e ao nosso planeta.

6-Prece de encerramento agradecendo a Deus, a espiritualidade maior pelas bênçãos recebidas e pedindo proteção a todos para que estejam sempre reunidos no estudo do evangelho.

Convém lembrar que o Evangelho no Lar não é uma sessão mediúnica, e não se deve abrir nele qualquer tipo de manifestação nesse sentido.
Abraços Fraternos,
Carlos Pereira
Fonte: http://manancialdeluz.blogspot.com/2008/07/evangelho-no-lar-um-manancial-de-luz-em.html

Um comentário:

  1. Bom dia, sou mãe, evangelizadora, artesã, educadora e blogueira, faço o culto no lar e vejo a importância da divulgação.
    Parabéns!

    ResponderExcluir